Anúncios

Translate

FAÇA PARTE DESSE PROJETO MISSIONÁRIO

É importante apoiarmos iniciativas que contribuem para a propagação da Palavra de Deus. Esta obra, em particular, tem sido muito importante, pois visa dar subsídios da Lição Bíblica para a Escola Biblica Dominical. Sinto-me feliz em poder fazer a minha parte para ajudar esta obra a alcançar seus objetivos. Faça parte desta obra e ajude a espalhar a Palavra de Deus! Caso queira contribuir com uma oferta use PIX Cel. 997518304 . It is important that we support initiatives that contribute to the spread of the Word of God. This work, in particular, has been very important, as it aims to provide information on the Bible Lesson for the Sunday School. I feel happy to be able to do my part to help this work achieve its goals. Be part of this work and help spread the Word of God! If you want to contribute to an offer, use PIX Cel. 997518304 .

Contributions to this missionary work

https://www.paypal.com/donate/?hosted_button_id=NNAE7UM5Y5MDN

LIÇÃO 12 - SENDO IGREJA DO DEUS VIVO

LIÇÃO 12 - SENDO IGREJA DO DEUS VIVO

Texto Áureo: “Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja.” (Ef 5.32)

Leitura Bíblica em Classe: 1 Timóteo 3.14-16; Efésios 5.25-27,32

Introdução: O que é a Igreja? A palavra 'igreja' vem do grego 'ekklesia', que significa 'chamado para fora'. Na Bíblia, a igreja é definida como o corpo de Cristo, composto por todos os que creem em Jesus como seu Salvador pessoal e seguem seus ensinamentos. A igreja não é apenas um edifício ou uma instituição, mas sim uma comunidade de pessoas que compartilham da mesma fé e se reúne para adorar a Deus e crescer em sua espiritualidade. É através da igreja que os cristãos podem se conectar com Deus e uns com os outros. É um lugar onde as pessoas encontram suporte espiritual, comunhão com outras pessoas e oportunidades para servir a comunidade. Fazer para do corpo de Cristo é ter a chance de crescer espiritualmente e se tornar parte de algo maior do que elas mesmas. É uma experiência enriquecedora que pode trazer muitos benefícios para a vida das pessoas.

1. A IGREJA É A MORADA DE DEUS EM CADA CRENTE AQUI NESSE PLANO TERRENO.

1 Timóteo 3.14 - Escrevo-te estas coisas, esperando ir ver-te bem depressa, 1 Timóteo 3.15 - mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, a qual é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade.

É ela que levanta e sustém o estandarte da verdade entre os homens; por isso é odiada por muitos. É de suma importância que todos os cristãos deem testemunho dessa grande verdade, tanto coletivamente, como individualmente. O Deus vivo, que é Trino, é o ser supremo que governa todo o universo criado por Ele e para Ele, com tudo que nele há. Ele é a fonte de toda vida e amor e quem conhece esse amor pelo único meio que é Cristo, tem o privilégio de sentir a sua presença em qualquer lugar que estiver. Para nós igreja, sendo Igreja do Deus Vivo, Ele é o centro de tudo que realizamos e a razão pela qual devotamos toda a nossa adoração. O nosso relacionamento com Deus só pode existir, quando é baseado na fé e no amor, isso porque cremos que Ele nos ama incondicionalmente e que sua vontade é sempre boa e perfeita. Por isso, é que devemos seguir os seus ensinamentos e viver de acordo com eles, para sermos seus instrumentos testificadores do seu amor e paz neste mundo corruptível. 

2. A IGREJA É UM MISTÉRIO REVELADO POR CRISTO E INAUGURADA NO PENTECOSTE.

1 Timóteo 3.16 - E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade:  Aquele que se manifestou em carne foi justificado em espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo e recebido acima, na glória.

Mistério é uma verdade divina que em todos os tempos ficou oculta, até ser revelada por meio de Cristo, quando disse que as portas do inferno não prevaleceriam contra a sua igreja. A essência do evangelho, o grande mistério da nossa fé é Cristo. Aceitamos essa verdade como ela nos foi revelada, a qual operou em nós resultantes da fé uma grande transformação de vida. Era necessário que Cristo se manifestasse em carne, para que a sua encarnação como o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo fornecesse a base para a nossa justificação que promoveu a nossa reconciliação com Deus. A sua ressurreição mostrou que o poder do Espírito estava nele e, esse mesmo poder que o ressuscitou é o poder que ressuscitou o nosso espírito no momento que nos convertemos a Ele. Em toda sua missão salvífica, Jesus foi acompanhado pelos anjos até o momento da sua ressurreição. Os seus discípulos deram continuidade ao seu ministério evangelístico pregando para todas as nações. Na sua ascensão foi elevado aos céus e recebido triunfalmente com grande alarido.

3. A IGREJA COMO A NOIVA DE CRISTO SERVEM DE EXEMPLO TODO CASAL CRISTÃO.

Efésios 5.25 - Vós, maridos,  amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela, 26 - para a santificar,  purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, Efésios 5.27 - para a apresentar  a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem  coisa  semelhante, mas santa e irrepreensível. Efésios 5.32 - Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja.

O relacionamento conjugal é enfatizado por Paulo fazendo um comparativo entre Cristo e a Igreja, o qual se for conscientizado tornará o convívio a dois mais salutares e harmoniosos. A deveres tanto do marido, como da mulher a serem obedecidos, para o amor imperar acima de todos os problemas que um casal cristão está sujeito a enfrentar. Ele exorta o marido a cuidar da esposa, assim como Cristo o faz em relação à Igreja. Nossos relacionamentos terrenos são aqui expostos com figuras e símbolos das realidades sagradas. O amor ensinado por Cristo se caracteriza em uma renúncia total as coisas fora do casamento, porque os dois se tornaram um só corpo e devem total fidelidade um para com o outro. Cristo sacrificou-se pela igreja devido ao seu amor por ela, o que significa que os maridos devem estar prontos a fazer qualquer sacrifício necessário por suas esposas. O casamento é uma união sagrada, onde o relacionamento necessita de cuidados que requerem em muitas ocasiões sacrifícios pessoais. Essa analogia descrita pelo apóstolo enfatiza o relacionamento entre Cristo e a Igreja. Ele nos ama; é fiel; é afetuoso; compreensível para com a sua amada noiva, sendo um exemplo a ser seguido pelos maridos com a sua esposa que são coisas que devem caracterizar a vida conjugal como um retrato de Cristo e sua igreja.

 

Pastor Adilson Guilhermel