Anúncios

Translate

FAÇA PARTE DESSE PROJETO MISSIONÁRIO

É importante apoiarmos iniciativas que contribuem para a propagação da Palavra de Deus. Esta obra, em particular, tem sido muito importante, pois visa dar subsídios da Lição Bíblica para a Escola Biblica Dominical. Sinto-me feliz em poder fazer a minha parte para ajudar esta obra a alcançar seus objetivos. Faça parte desta obra e ajude a espalhar a Palavra de Deus! Caso queira contribuir com uma oferta use PIX Cel. 997518304 . It is important that we support initiatives that contribute to the spread of the Word of God. This work, in particular, has been very important, as it aims to provide information on the Bible Lesson for the Sunday School. I feel happy to be able to do my part to help this work achieve its goals. Be part of this work and help spread the Word of God! If you want to contribute to an offer, use PIX Cel. 997518304 .

Contributions to this missionary work

https://www.paypal.com/donate/?hosted_button_id=NNAE7UM5Y5MDN

LIÇÃO 13 - O PROPÓSITO DE MISSÕES

LIÇÃO 13 - O PROPÓSITO DE MISSÕES

Texto Áureo: “Porque, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim se não anunciar o evangelho!” (1 Co 9.16)

Leitura Bíblica em Classe: Apocalipse 5.9-14

Introdução: O propósito de missões é proclamar o evangelho de Jesus Cristo a todas as pessoas do mundo. A igreja foi comissionada por Cristo a realizar essa tarefa, a qual é essencial para o cumprimento do que Ele ordenou. A Bíblia é muito clara nesse propósito, pois Jesus disse aos seus discípulos, sendo isso que foi dito se estende para todos os tempos. Mateus 28.19-20 "Portanto, ide e fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado". Isso inclui pessoas de todas as nações e culturas. Deus revelou o seu amor pelos pecadores como está em João 3.16... Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Quem faz missões pregando o evangelho está demonstrando o amor de Deus ao mundo. A igreja foi fundada por Jesus Cristo com a incumbência de proclamar o evangelho ao mundo. Quando compartilhamos o evangelho com outras pessoas estamos mostrando o caminho da salvação em Jesus Cristo. Proclamar o evangelho da salvação é uma tarefa que realmente importa para Deus, na qual estão envolvidos todos os cristãos. Paulo estava inserido nesse objetivo que ele tinha com tal zelo, quando perseguia a igreja, o qual se reverteu, não mais para perseguir e sim em contribuir para o crescimento dela. Mesmo para ganhar uma alma que fosse por essa alma ele se privaria de confortos, compensações, ou de algum repouso. Ele era incansável no seu propósito, sempre em busca de alcançar o prêmio, não, importando qualquer sacrifício para alcançar a coroa de gozo que lhe estava reservada. 

1. O QUE É DITO EM HONRA A YAHWEH AQUI É DITO A JESUS.

Apocalipse 5.9 - E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro e de abrir os seus selos, porque foste morto e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, e língua, e povo, e nação; Apocalipse 5.10 - e para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra.

Nesse evento, que acontecerá brevemente no céu celestial diante do trono de Deus, a igreja estará presente, já em corpo glorificado, em outro patamar do reino espiritual. Vemos que Jesus é o único digno de desenrolar o rolo místico da história, da qual Ele é o protagonista. Isto porque tal como o Pai, Ele ama a todos de tal maneira, que se deu em sacrifício para o homem alcançar a salvação. Também Ele é igualmente digno de abrir a cada fase da nossa vida embutindo em nós a conscientização da nossa missão como suas testemunhas pregando o evangelho da salvação. Somos propriedade sua, por Ele adquirida, pela sua vitória na cruz e proverá tudo para nós que militamos na sua causa. Se no seu entender somos reis e sacerdotes, como está escrito na escritura, Ele tem os planos para a nossa vida, de modo que exerceremos esses honrosos e sagrados ofícios com o melhor zelo possível no seu reino milenar, já como corpos glorificados. Temos aqui um conceito de reino dos santos e de um reino, quando diz: eles reinarão sobre a terra, apontando para um tempo futuro.  

2. AS VOZES UNIDAS DE TODOS OS SERES NA PRESENÇA DIVINA.

Apocalipse 5.11 - E olhei e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões e milhares de milhares, Apocalipse 5.12 - que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra e glória, e ações de graças.

Os quatro seres viventes são seres angelicais descritos no Apocalipse como tendo a aparência de um leão, um boi, um homem e uma águia. Os vinte e quatro anciãos são representantes dos santos, ou seja, dos cristãos que já morreram. O leão simboliza, no evangelho de Mateus, Jesus como o leão da tribo de Judá. O boi simboliza, no evangelho de Marcos, Jesus como o servo sofredor. O homem no evangelho de Lucas simboliza Jesus como o filho do homem. A águia no evangelho de João simboliza Jesus como a visão do alto. A adoração dos quatro seres viventes e dos vinte e quatro anciões a Deus é uma expressão de sua reverência e obediência a Ele. Eles reconhecem que Deus é o Criador e o Senhor de tudo o que existe e, que Ele é digno de todo louvor e honra.

O CÍRCULO DE LOUVOR SE COMPLETA SE UNIVERSALIZANDO.

Apocalipse 5.13 - E ouvia toda criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono e ao Cordeiro sejam dadas ações de graças, e honra e glória, e poder para todo o sempre. Apocalipse 5.14 - E os quatro animais diziam: Amém! E os vinte e quatro anciãos prostraram-se e adoraram ao que vive para todo o sempre.

O céu está cheio do aspecto sacrificial da morte triunfante de nosso Salvador. Todos os salvos em todos os tempos, incluindo principalmente a igreja, testificam de si como um povo comprado por Ele, com o privilégio de estar mais próximo dEle do que os anjos. Diante do trono a adoração é entoada pelos vinte e quatro anciões que representam os líderes das doze tribos de Israel e os doze apóstolos, e também seres viventes seguem num círculo crescente, incluindo os céus, por meio de miríades hostes angelicais. E na sequência a adoração é ampliada envolvendo os lugares celestiais, a terra e até mesmo o Hades, da qual participam todos os seres criados e até mesmo a natureza inanimada. Essas cenas são uma visão de uma era futura e nos tais eventos participará a Igreja Invisível de todos os tempos. Fica a pergunta: até no Hades? Entende-se que mesmo os condenados ao juízo final, também deverão adorar a Deus, pois como diz a palavra… Toda língua confessará e todo joelho se dobrará e confessará que Ele é o Senhor. 

Pastor Adilson Guilhermel