Anúncios

Translate

FAÇA PARTE DESSE PROJETO MISSIONÁRIO

É importante apoiarmos iniciativas que contribuem para a propagação da Palavra de Deus. Esta obra, em particular, tem sido muito importante, pois visa dar subsídios da Lição Bíblica para a Escola Biblica Dominical. Sinto-me feliz em poder fazer a minha parte para ajudar esta obra a alcançar seus objetivos. Faça parte desta obra e ajude a espalhar a Palavra de Deus! Caso queira contribuir com uma oferta use PIX Cel. 997518304 . It is important that we support initiatives that contribute to the spread of the Word of God. This work, in particular, has been very important, as it aims to provide information on the Bible Lesson for the Sunday School. I feel happy to be able to do my part to help this work achieve its goals. Be part of this work and help spread the Word of God! If you want to contribute to an offer, use PIX Cel. 997518304 .

Contributions to this missionary work

https://www.paypal.com/donate/?hosted_button_id=NNAE7UM5Y5MDN

LIÇÃO 07 - A DESCONSTRUÇÃO DA FEMINILIDADE BÍBLICA

 

LIÇÃO 07 - A DESCONSTRUÇÃO DA FEMINILIDADE BÍBLICA

Texto Áureo: “Enganosa  é  a graça, e vaidade, a formosura,  mas  a mulher que teme ao  Senhor, essa será louvada.” (Pv 31.30)

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: PROVÉRBIOS 31.10-31

Introdução: Feminilidade Bíblica é um conceito profundamente enraizado nos ensinamentos da Bíblia. A Bíblia abrange as características, papéis e responsabilidades que as mulheres são chamadas a abraçar de acordo com as Escrituras. A feminilidade bíblica oferece Uma perspectiva única e fortalecedora sobre o papel da mulher na sociedade enfatizando o seu valor e dignidade e propósito conforme definido por Deus. Um dos aspectos chave da feminilidade bíblica é o reconhecimento do valor inerente da mulher, pois a bíblia ensina que as mulheres são criadas à imagem de Deus assim como os homens Gn 1.27.  Isso significa que as mulheres possuem dignidade valor e propósito inerente simplesmente em virtude de sua criação e elas não são menores ou inferiores aos homens, mas sim parceiras iguais com funções de responsabilidades distintas. A bíblia descreve funções e responsabilidades específicas para as mulheres embora alguns possam interpretar essas passagens como restritivas. Uma compreensão mais profunda revela que ela realmente fornece uma estrutura para que as mulheres prosperem e floresçam, como por exemplo, o apóstolo Paulo escreve em Tt 2.3-5 que as mulheres mais velhas devem ensinar as mais novas a amarem seus maridos e filhos. Também devem ser controladas e puras, a ocuparem-se em casa, a serem bondosas e que sejam submissas a seus maridos. Esta passagem enfatiza a importância de cultivar relacionamentos saudáveis priorizando a família e nutrindo um ambiente doméstico amoroso e pacífico. Além desses papéis práticos a feminilidade bíblica também chama as mulheres abraçar qualidades como modéstia, humildade e integridade. As mulheres são encorajadas a cultivar a beleza interior, que é ainda mais valiosa do que a aparência externa 1 Pe. 3.3-4.  Elas também são chamadas a usar seus dons e talentos para servir aos outros e edificar o corpo de Cristo. É importante notar que a feminilidade bíblica não endossa opressão, subjugação ou qualquer forma de maus-tratos contra as mulheres. Em vez disso deve ser celebrada a sua singularidade dada por Deus que as capacita a cumprir seu propósito dentro do contexto e do designo de Deus.  Em conclusão a feminilidade bíblica, ela é um motivo de valor inerente à a dignidade e o propósito da mulher conforme definido, que estruturará as mulheres a abraçarem seus papéis e responsabilidade com alegria e satisfação, em aderir aos privilégios descritos nas escrituras sagradas. As mulheres podem experimentar o senso de propósito, significado e poder em suas vidas. Nesse contexto não tem lugar para o feminismo, onde o papel das mulheres é invertido. O feminismo na sua ideologia tenta afirmar que a identidade feminina é uma construção de uma sociedade machista e patriarcal. Argumentam firmando as suas teses ideológicas que a identidade bíblica tem a ver com a biologia. Com esse ativismo promovem a liberdade sexual e sem nenhum pudor atacam a família tradicional. Essas ideologias estão em evidencia no mundo secular, mas no mundo espiritual não podem estar presentes, embora em alguns segmentos já estejam e os que aderem é porque tem a sua consciência cauterizada, sem qualquer temor e tremor diante de Deus.

A Bíblia apresenta vários exemplos de mulheres que desempenharam papéis importantes na história do povo de Deus. Embora as culturas e os tempos tenham mudado, a mensagem da Bíblia continua relevante para as mulheres de hoje. Alguns exemplos incluem:

Eva: A primeira mulher criada por Deus, que desempenhou um papel fundamental na queda da humanidade ao desobedecer a Deus, embora cedendo a tentação do Diabo.

Sara: A esposa de Abraão, que deu à luz um filho na velhice e se tornou a matriarca da nação de Israel.

Débora: Uma profetisa e juíza que liderou Israel em uma batalha contra os cananeus.

Maria: A mãe de Jesus, que foi escolhida por Deus para dar à luz o Salvador do mundo.

Rute exemplifica a fidelidade e o cuidado com a família, enquanto Noemi representa a sabedoria e a liderança. Suas histórias nos ensinam a importância de estar presente para aqueles que amamos e como liderar com compaixão e sabedoria.

Ester é um exemplo de coragem e confiança em Deus. Ela arriscou sua vida para salvar seu povo e nos ensina a importância de confiar em Deus e agir com coragem, mesmo em situações difíceis.

Maria Madalena é um exemplo de arrependimento e transformação. Ela deixou seu passado para trás e se tornou uma discípula fiel de Jesus. Sua história nos ensina a importância do arrependimento e da transformação pessoal.

Os papéis e responsabilidades das mulheres na Bíblia têm um significado cultural e teológico importante. A Bíblia ensina que homens e mulheres são igualmente valiosos aos olhos de Deus, mas foram criados com papéis diferentes. As mulheres são chamadas a serem ajudadoras de seus maridos, mães dedicadas e líderes espirituais em suas famílias e comunidades. A Bíblia também ensina que as mulheres devem ser respeitadas e valorizadas por sua contribuição única para a sociedade.

Mulher Virtuosa: Mulher virtuosa é alguém que revela um exemplo de integridade e excelência. No advento dos movimentos de empoderamento das mulheres e a quebra dos papéis tradicionais de gênero criam uma infinidade de representações diversas do que significa ser mulher. No entanto no meio de todos esses movimentos feministas a mulher virtuosa continua a ter sua relevância em muitas culturas, essencialmente entre os cristãos, onde os preceitos bíblicos relacionados a esse tema, não pode ser desconstruído. 

1. MULHER VIRTUOSA DEVE SER EXEMPLO DE INTEGRIDADE E EXCELÊNCIA

Provérbios 31.10 - Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede o de rubis. Provérbios 31.11 - O coração do seu marido está nela confiado, e a ela nenhuma fazenda faltará. Provérbios 31.12 - Ela lhe faz bem e não mal, todos os dias da sua vida. Provérbios 31.13 - Busca lã e linho e trabalha de boa vontade com as suas mãos. Provérbios 31.14 - É como o navio mercante: de longe traz o seu pão. Provérbios 31.15 - Ainda de noite, se levanta e dá mantimento à sua casa e a tarefa às suas servas. Provérbios 31.16 - Examina uma herdade e adquire-a; planta uma  vinha com o fruto de suas mãos. Provérbios 31.17 - Cinge os lombos de força e fortalece os braços. Provérbios 31.18 - Prova  e vê  que  é  boa sua mercadoria;  e  a sua lâmpada não se apaga de noite.

A mulher ideal, aqui retratada, é uma esposa.    Ela dedica tempo e energia para garantir o bem-estar de sua família. Ela cuida das tarefas domésticas, prepara as refeições e cria um ambiente acolhedor e estimulante para os seus entes queridos. Sua dedicação vai além da esfera doméstica, apoiando ativamente os empreendimentos do marido e incentivando seu crescimento pessoal e profissional. A esposa virtuosa é altruísta e coloca as prioridades da família antes das dela. Ela prioriza a felicidade e o bem-estar do seu marido compartilhando seus próprios desejos e ambições. Essa abnegação se estende ao apoio que ela oferece em tempos difíceis e à sua disposição de colocar as necessidades de sua família antes das suas.

2. MULHER VIRTUOSA ABRE MÃO DE SI MESMO PARA ESTENDER A OUTROS.

Provérbios 31.19 - Estende as mãos ao fuso, e as palmas das suas mãos pegam na roca. Provérbios 31.20 - Abre a mão ao aflito; e ao necessitado estende as mãos. Provérbios 31.21 - Não temerá, por causa da neve, porque toda a sua casa anda forrada de roupa dobrada. Provérbios 31.22 - Faz para si tapeçaria; de linho fino e de púrpura é a sua veste. Provérbios 31.23 - Conhece-se o seu marido nas portas, quando se assenta com os anciãos da terra. Provérbios 31.24 - Faz panos de linho fino, e vende-os, e dá cintas aos mercadores. Provérbios 31.25 - A força e a glória são as suas vestes, e ri-se do dia futuro.

Além de servir própria família, ela possuía bastante para distribuir aos pobres fazendo isso com toda bondade e com generosidade. Ela é caridosa com os necessitados, estende as suas mãos a eles, sempre buscando oportunidades de fazer o bem, administrando essas boas ações com todo esmero. É discreta e agradável e quando fala é moderada, evita criticar e expressa sempre um bom humor. Quando abre a boca é com sabedoria, prudente, pois sabe se comportar e governar pelas leis da sabedoria.  É atenta as estações climáticas, sempre preparando as vestimentas apropriadas para proteger os entes queridos de sua casa. Ela sempre se esforça para atender os confortos necessários à sua família antes de pensar em sua própria satisfação. Procurava sempre fazer  da sua casa um ambiente aconchegante e confortável para os seus passarem o inverno. Seu marido tinha uma posição importante na comunidade, entre os anciões que administravam a justiça nas portas da cidade. Esta mulher com toda a sua competência e prestimosidade, agia de maneira que honrava a liderança de seu marido, em lugar de denegri-la, ela o respeitava e o edificava. Ela ajudava a aumentar a renda da família fazendo peças de vestuário de muito luxo e com grande habilidade contribuindo para o bem estar dos seus e não em benefício próprio. Ela sabia enfrentar o futuro com confiança enquanto outros vivem sem se preocupar com os dias que virão pela frente. A palavra diz: vai ter com a formiga preguiçoso, como também diz: quem não quer trabalhar que também não coma.

3. A MULHER SÁBIA QUE EDIFICA A SUA CASA E É DIGNA DE SER LOUVADA.

Provérbios 31.26 - Abre a boca com sabedoria, e a lei da beneficência  está  na sua língua. Provérbios 31.27 - Olha pelo governo de sua casa e não come o pão da preguiça. Provérbios 31.28 - Levantam-se seus filhos, e chamam-na bem-aventurada;  como também  seu marido, que a louva,  dizendo: Provérbios 31.29 - Muitas filhas agiram virtuosamente, mas tu a todas és superior. Provérbios 31.30 - Enganosa  é  a graça, e vaidade, a formosura,  mas  a mulher que teme ao  Senhor, essa será louvada. Provérbios 31.31 - Dai-lhe do fruto das suas mãos, e louvem-na nas portas as suas obras.

O respeito é outro aspecto integral de ser uma esposa virtuosa. Ela valoriza as opiniões, escolhas e decisões de seu marido. Ela o trata com dignidade e admiração, reconhecendo seu papel de chefe da família. Além disso, ela está atenta à maneira como fala com e sobre o marido, sem mantendo um nível de respeito e admiração tanto em ambientes privados quanto públicos.  Ela é o apoio e a segurança do seu marido.  Não somente quando chega do trabalho à sua casa o marido é recepcionado de uma forma carinhosa, que provoca a admiração dele, mas, muito depois e até ao fim da vida ela lhe faz bem. O bem do marido é o bem da esposa e o bem da esposa é o bem do marido. Ser uma esposa virtuosa não é uma tarefa fácil. Requer um forte esforço de lealdade, respeito dedicação e abnegação. É um papel que vem com grandes responsabilidades, mas também traz imensa satisfação. Ao incorporar essas virtudes, uma esposa virtuosa contribui para a harmonia geral e o bem estar de sua família, criando um ambiente de amor e apoio parra todos. Ela está sempre atarefada. É econômica na administração dos rendimentos do marido. Se ele traz o dinheiro para ela, que o gasta economicamente visando ao bem-estar de ambos. É no lar que o homem acumula forças para sua vida pública. No lar, a mulher lhe comunica a inspiração e a força que o fazem ser estimado em público. Ela é discreta na sua lealdade, sabedoria e economia inspiram crescente aprofundamento de apreciação, de que o homem dirá dela só palavra de lisonjeio.

 

Pastor Adilson Guilhermel