Anúncios

Translate

FAÇA PARTE DESSE PROJETO MISSIONÁRIO

É importante apoiarmos iniciativas que contribuem para a propagação da Palavra de Deus. Esta obra, em particular, tem sido muito importante, pois visa dar subsídios da Lição Bíblica para a Escola Biblica Dominical. Sinto-me feliz em poder fazer a minha parte para ajudar esta obra a alcançar seus objetivos. Faça parte desta obra e ajude a espalhar a Palavra de Deus! Caso queira contribuir com uma oferta use PIX Cel. 997518304 . It is important that we support initiatives that contribute to the spread of the Word of God. This work, in particular, has been very important, as it aims to provide information on the Bible Lesson for the Sunday School. I feel happy to be able to do my part to help this work achieve its goals. Be part of this work and help spread the Word of God! If you want to contribute to an offer, use PIX Cel. 997518304 .

Contributions to this missionary work

https://www.paypal.com/donate/?hosted_button_id=NNAE7UM5Y5MDN

LIÇÃO 10 - A RENOVAÇÃO COTIDIANA DO HOMEM INTERIOR

LIÇÃO 10 - A RENOVAÇÃO COTIDIANA DO HOMEM INTERIOR

Texto Áureo: “Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia.” (2 Co 4.16)

Leitura Bíblica em Classe: 2 Coríntios 4.11-18

Introdução: A renovação cotidiana do homem interior é essencial para nossa saúde e bem-estar. É um processo individualizado, que requer dedicação e esforço pessoal, mas beneficial para todas as áreas da nossa vida. Portanto, é fundamental que priorizemos a renovação interior em nossa rotina diária, a fim de nos tornarmos pessoas mais felizes, equilibradas, realizadas e fortalecidas espiritualmente. A vida interior deve triunfar sobre as aflições da vida exterior a cada dia e isso é algo muito significativo para a vida do cristão. Poucos homens foram mais cônscios de sua fraqueza do que o apóstolo Paulo. Ele poderia ser exemplificado como um vaso de barro que se tornara muito trincado e arranhado, por todos os sofrimentos em sua jornada missionária, mas o seu depósito permanecia intacto. 

1. RENOVAÇÃO É UM PROCESSO CONTÍNUO E EXIGE ESFORÇO E DEDICAÇÃO.

2 Coríntios 4.11 - E assim nós, que vivemos, estamos sempre entregues  à morte por amor de Jesus, para que a vida de Jesus se manifeste também em nossa carne mortal. 2 Coríntios 4.12 - De maneira que em nós opera a morte, mas em vós, a vida.

A vida cristã é marcada pela constante entrega à morte por amor de Jesus. Essa morte não é um fim em si, mas um meio para que a vida de Jesus se manifeste por meio de nós. É um processo desafiador que exige renúncia e abertura a vontade de Deus, mas que, ao mesmo tempo, nos conduz a uma vida plena e significativa em comunhão com o Senhor. Ao decidir seguir Jesus e viver uma vida de fé, é preciso estar disposto a renunciar a si, a morrer para o egoísmo e para as coisas mundanas. Esse caminho de renúncia é simbolizado pela cruz de Cristo, na qual Ele entregou sua vida por amor à humanidade. Essa entrega à morte pode ser entendida como uma renúncia não apenas de nossos próprios interesses, mas também de nossas vontades e ambições. Trata-se de uma disposição de prescindir do controle sobre nossas vidas e permitir que a vontade de Deus se realize por nós. Todo esse processo deve ser contínuo, o qual exige um esforço constante.  

2. RENOVAÇÃO ENVOLVE TRABALHAR EM NOSSAS FRAQUEZAS

2 Coríntios 4.13 - E temos, portanto, o mesmo espírito de fé, como está escrito: Cri; por isso, falei. Nós cremos também; por isso, também falamos, 2 Coríntios 4.14 - sabendo que o que ressuscitou o Senhor Jesus nos ressuscitará também por Jesus e nos apresentará convosco.

Nenhum sofrimento pode derrotar um cristão sustentado pela fé em Cristo, pois a nossa convicção faz parte de um processo que tem por resultado a vida eterna. Temos que confiar firmemente nisso, pois plantando o evangelho encontraremos muitos obstáculos, postos pelo inimigo, mas que pela fé transpomos todos eles.  O que fazemos para Deus nessa vida passageira e transitória, jamais vai se perder, por ser o próprio Senhor que garante isso. I Co 15.58 Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor. Os sofrimentos podem matar o corpo, mas não podem matar o espírito que é eterno. A ressurreição que Paulo expressa aqui, não é a da conversão, quando o nosso espírito mortificado, foi ressuscitado pelo mesmo poder que ressuscitou a Cristo. Aqui ele fala da ressurreição na segunda vinda de Cristo. O estado ressurreto incluirá tanto a transformação dos que estiverem vivos, como a ressurreição daqueles que já estiverem então mortos em qualquer tempo. É bom nós que ainda estamos vivos não perder a esperança de ser pessoalmente transformado, quando na vinda de Cr5isto, e assim escapar da morte física.    

3. RENOVAÇÃO NÃO É EXTERIORIZADA E SIM INTERIORIZADA A CADA DIA.

2 Coríntios 4.15 - Porque tudo isso é por amor  de vós, para que a graça, multiplicada por meio de muitos, torne abundante a ação de graças, para glória de Deus. 2 Coríntios 4.16 - Por isso, não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia.

Com a decadência diária do homem exterior, ocorria a renovação do invisível e espiritual. Paulo disse que quando estava fraco é que estava forte, pois na proporção em que se assume os sofrimentos e a morte de Cristo é que começamos a perceber como Ele é um toda sua plenitude, bem como Ele pode ser ou fazer por meio de nós. Se tivermos uma fé fortalecida em Cristo, não desmaiamos, não perdemos a coragem e nem ficamos desencorajados, porque essa fé nutre a esperança que temos na vitória sobre a morte e os sofrimentos. O nosso homem exterior a cada dia vai se deteriorando, caminhando em direção da morte, mas o interior, em contraste com o exterior, vai se renovando a cada dia. Pregar o evangelho envolva renúncia de muitas coisas, pois a nossa prioridade é o reino dos céus. Temos em nossa jornada problemas, dificuldades, sofrimentos, mas suportados por amor a Cristo e, em recompensa, Ele nos renova dia após dia, para irmos vencendo cada etapa que nos é atribuída.

4. RENOVAÇÃO NÃO VEM POR VISÃO EXTERIOR E SIM PELA INTERIOR. 

2 Coríntios 4.17 - Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente, 2 Coríntios 4.18 - não atentando nós nas coisas  que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem  são  eternas.

A aflição é leve, como também momentânea, mas a glória do futuro está carregada de radiosa bênção e plena de satisfação. A parte corruptível é transitória, mas a parte espiritual é eterna. Uma é o preço da outra, embora ambas sejam dádivas de Deus. Muitos, principalmente o pecador, tem o horror da morte, a qual chegará a todos os homens, mas para o cristão fiel aos preceitos divinos, é uma realidade que é motivo de alegria, pois a morte física nos libera para uma vida superior, que envolve a eternidade com o Salvador. Quem vive para o presente se esquece que todos são um espírito e eterno, seja cristão, ou não cristão. Não se pode negar a maior verdade de todas, que é a da imortalidade e que temos dois destinos únicos, o qual é o céu, ou o inferno. Os olhos da fé vão além dos nossos sentidos naturais; e a fé é igualmente por essa razão o que olha para o invisível, mas que se tornarão visíveis quando a nossa jornada da fé nesta terra tiver terminada.

 

Pastor Adilson Guilhermel. th.M