Anúncios

Translate

FAÇA PARTE DESSE PROJETO MISSIONÁRIO

É importante apoiarmos iniciativas que contribuem para a propagação da Palavra de Deus. Esta obra, em particular, tem sido muito importante, pois visa dar subsídios da Lição Bíblica para a Escola Biblica Dominical. Sinto-me feliz em poder fazer a minha parte para ajudar esta obra a alcançar seus objetivos. Faça parte desta obra e ajude a espalhar a Palavra de Deus! Caso queira contribuir com uma oferta use PIX Cel. 997518304 . It is important that we support initiatives that contribute to the spread of the Word of God. This work, in particular, has been very important, as it aims to provide information on the Bible Lesson for the Sunday School. I feel happy to be able to do my part to help this work achieve its goals. Be part of this work and help spread the Word of God! If you want to contribute to an offer, use PIX Cel. 997518304 .

Contributions to this missionary work

https://www.paypal.com/donate/?hosted_button_id=NNAE7UM5Y5MDN

LIÇÃO 10 - QUANDO OS PAIS SEPULTAM SEUS FILHOS

 

Lição 10  - QUANDO OS PAIS SEPULTAM SEUS FILHOS.

Texto Áureo: Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados; perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos [...].” (2 Co 4.8,9)

Leitura Bíblica em Classe: Jó 1.13,16-19

Introdução: Jó um homem com uma integridade acima de qualquer suspeita, mas não podia imaginar que era constantemente monitorado por Satanás. Isso acontecia nos tempos patriarcais, tempo este que não podemos precisar a data, mas não era um dos patriarcas que incomodava Satanás, pois estes eram crentes no Senhor. Jó não era da linhagem dos hebreus, pois fazia parte dos povos gentílicos, mas com uma diferença entre eles, Jó era um crente em Deus e fazia constantemente holocaustos em favor da sua família, constituída de sua mulher, seus sete filhos homens e três filhas mulheres. Como Satanás detinha o governo do mundo tirado de Adão, entendia ele que todos os povos da terra estavam sob a sua autoridade, porém havia um que não se subjulgou à sua autoridade, se colocando debaixo da autoridade divina. Desse modo, Satanás não podia tocar nele e certamente rugindo, quando passeava pela terra e via uma luz no meio das trevas, que vinha de Jó, e ele Satanás queria apagar aquele brilho que tanto o incomodava. Sendo Jó de Deus, Satanás não poderia mata-lo fisicamente e sim espiritualmente e a única maneira seria executar um plano para que Jó nega-se a sua fé no Senhor. Como ele ainda tinha acesso a Deus propôs um desafio alegando que Jó só era fiel porque Deus o abençoava com muitos bens e que se isso lhe fosse tirado ele o negaria. Deus aceitou o desafio, liberando Satanás a agir como quisesse, apenas com uma ressalva, que não tirasse a vida de Jó.

1. SATANÁS INICIA OS SEUS INTENTOS QUANDO MENOS ESTÃO SE ESPERANDO.   

Jó 1.13 – E sucedeu um dia, em que seus filhos e suas filhas comiam e bebiam vinho na casa de seu irmão primogênito,

Nem Jó, ou seus filhos e filhas sabiam desse desafio e viviam despreocupadamente com suas festas constantes com muita comida e bebida com toda fartura. Enquanto eles se banqueteavam, Satanás já estava com os seus planos em andamento, pois é assim os seus modus operante. Satanás estava disposto a não perder o desafio com Deus e iria usar de todos os meios para conseguir esta proeza. O primeiro ataque de Satanás, para prejudicar Jó, estava limitado primeiramente às suas riquezas e à sua família e assim ele incorporou aos seus ardiz quatro desastres distintos. O primeiro ataque já começou desastroso lembrando que o alvo principal era Jó, que era o único que o incomodava naquelas terras, pois os seus filhos não queriam compromisso com Deus, pois o viver deles era só festas e diversão. Satanás não age contra quem fecha as brechas e sim contra os que abrem as brechas, pois ele é oportunista e cauteloso para lançar os seus ataques.

2. SATANÁS PODE PROVOCAR ASSALTOS COM FORÇAS HUMANAS E NATURAIS.

Jó 1.16 – Estando este ainda falando, veio outro e disse: Fogo de Deus caiu do céu, e queimou as ovelhas e os moços, e os consumiu; e só eu escapei, para te trazer a nova. Jó 1.17 – Estando ainda este falando, veio outro e disse: Ordenando os caldeus três bandos, deram sobre os camelos, e os tomaram, e aos moços feriram ao fio da espada; e só eu escapei, para te trazer a nova.

Notícia ruim corre rápida, pois na primeira investida vieram os Sabeus, povos de origem árabes, que violentamente removeu parte das riquezas de Jó, e matou mil bois e 500 jumentos e alguns trabalhadores. Assim foram saques e assassinatos, coisas horrendas, mas Jó mesmo abalado conseguiu resistir e superar. O primeiro não deu certo e ele parte para o segundo, quando vem fogo do alto que foi algo devastador com a morte de cerca de sete mil ovelhas e os pastores, e Jó foi recebeu a notícia, porém ele não entrou em desespero e manteve a sua fidelidade ao Senhor. Sem sucesso Satanás parte para a terceira, enviando os Caudeus, os quais tomaram os camelos e mataram os seus tratadores. Essa também não surtiu o efeito esperado por Satanás para abalar Jó e, ele parte para a quarta, que foi a mais cruenta de todas, pois as anteriores elas envolveram os bens materiais, não deixando de ser cruenta, pois os servos de Jó foram assassinados. Só que esta penúltima foi cruenta, pois atingira a família, ou seja, os seus filhos e filhas que seriam mortos.  

3. SATANÁS PARA NÃO PERDER, PODE TAMBEM PODE ATINGIR TODA FAMÍLIA.

Jó 1.18 – Ainda este falando veio outro e disse: Estando teus filhos e tua filhas comendo e bebendo vinho, em casa de seu irmão primogênito, Jó 1.19 – eis que um grande vento sobreveio dalém do deserto, e deu nos quatro cantos da casa, a qual caiu sobre os jovens, e morreram; e só eu escapei, para te trazer a nova.

Enquanto os seus filhos festejavam veio grande ventania que varreu os quatro cantos da casa, que desmoronou sobre os jovens e todos morreram. Interessante que sempre sobrava alguém que escapava para correr e dar a notícia a Jó. A perda de um filho já é algo difícil de superar, agora imaginem perder dez de uma vez só, e isso não foi fácil para Jó, porém mesmo assim ele buscava forças em Deus, o único que pode dar o consolo em situações de intensa tristeza pela perda de entes queridos. Os quatro testes destruíram praticamente tudo que Jó possuía, tanto os bens materiais, como o maior bem que eram os seus filhos e filhas. Assim uma coisa foi perder as riquezas e servos, mas o pior foi perder membros da própria família e todos os testes iam aumentando cada vez mais os sofrimentos de Jó, ficando reduzido a nada. Satanás estava aguardando um vacilo de Jó com a certeza de que ele amaldiçoaria a Deus, mas quem é de Deus, mesmo em situações calamitosa, não se curva ao maligno e em todo tempo o adorará.  

Dentro do normal são os filhos que enterram os pais quando morrem, mas tem as exceções, quando são os pais que enterram os filhos quando morrem. Para o filho perder os pais é realmente algo muito triste, mas com o tempo isso se supera, mas a dor maior é quando os pais perdem o filho em quaisquer circunstâncias, pois é uma dor difícil de ser superada. Porém se tratando de um cristão salvo essas fatalidades são amenizadas, pois se sabe que se trata apenas como uma separação provisória.

Pastor Adilson Guilhermel