ADSENSE

Inscreva-se no meu canal

Sua Contribuição é muito bem-vinda. Quem semeia colhe.- PIX 997518304

LIÇÃO 10 - O MINISTÉRIO DE MESTRE E DOUTOR

https://www.magazinevoce.com.br/magazineadimel/ 

O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
Lição 10 - 6 de Junho de 2021
Texto Áureo: Romanos 12.6,7 De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada: (...) se é ensinar, haja dedicação ao ensino.
Leitura Bíblica em Classe: Mateus 7.28,29; Atos 13.1; Romanos 12.6,7; Tiago 3.1

CARACTERÍSTICAS DE UM VERDADEIRO MESTRE

Introdução: A palavra mestre é encontrada em vários ofícios seculares em diversas atividades, sempre apontando para alguém com uma habilidade e conhecimento e sabedoria reconhecida aos olhos de todos. Assim também na área teológica estão engajados os mestres, que são pessoas com um saber profundo das escrituras, os quais se diferenciam dos que têm apenas um grau de conhecimento comum. Não se trata de ter uma memória privilegiada como alguém que possa decorar toda a bíblia com seus capítulos e versículos. Não é quem decora a bíblia que pode ser chamado de mestre, e não pode ser. O mestre é aquele que compreende a bíblia e sabe interpretá-la na sua íntegra,  o qual tem o conhecimento teológico de todas as doutrinas do livro sagrado. São poucos os vocacionados para esse ministério, pois ser um mestre exige muito estudo da palavra de Deus e também muita espiritualidade. Além disso, precisa ter o dom, e o dom do ministério de mestre é outorgado por Cristo a quem realmente está capacitado para exercer esse ministério.

1 - QUEM É MESTRE SABE MANEJAR A PALAVRA COM CONHECIMENTO DE CAUSA - Mateus 7.28 E aconteceu que, concluindo Jesus este discurso, a multidão se admirou da sua doutrina;

* O mestre é aquele que edifica o povo na palavra para ser um povo resistente -  Oséias 4:6 O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.

Os fariseus costumavam se identificar como mestres perante o povo, porém o conhecimento que eles passavam das escrituras, era um conhecimento literal sem qualquer compreensão daquilo que os escritores sagrados escreveram inspirados pelo Espírito Santo. Quando Jesus começou ensinar as escrituras com as revelações trazendo as suas interpretações, isso veio contrastar com os ensinamentos dos fariseus, o que provocava grandes embates entre eles. Nas palavras de Jesus havia grande sabedoria e conhecimento em que o povo se admirava, porque eram palavras vivas e não letras mortas. Os sacerdotes de Israel foram repreendidos pelo profeta Oséias, pelos seus descasos e relaxamento com relação ao ensino teológico que deveriam estar passando para o povo, e esse descaso fez com que o povo declina-se para a idolatria ao ponto de se afastarem totalmente de Deus, o que gerou a sua destruição. Assim também em nossos tempos a falta de conhecimento teológico em muitas igrejas tem ocasionado muita iniquidade no meio evangélico, fazendo com que muitos percam a chama do primeiro amor.

2 - QUEM É MESTRE TEM AUTORIDADE DIDÁTICA E, É FIEL NA DOUTRINA BÍBLICA - Mateus 7.29 Porquanto os ensinava como tendo autoridade; e não como os escribas.

* O mestre deve estar capacitado para ensinar o que o povo precisa aprender - 2 Timóteo 4:2 Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.

Jesus deixou o povo maravilhado com o seu sermão, pois havia a autoridade divina no seu discurso e isso o diferenciava da doutrina dos fariseus, a qual não tinha qualquer conteúdo bíblico importante para o povo. Israel ao longo da sua história teve bons mestres, tais como os profetas credenciados por Deus, assim como também teve os falsos mestres que ao longo do tempo prevaleciam com os seus ensinos, os quais afastam o povo dos preceitos divinos. Como havia muitas falsas promessas por parte desses falsos mestres, o povo passou a buscar e preferir mais as fábulas à verdadeira doutrina. Isso é comprovado pelo que foi escrito pelo profeta Isaías: (Que dizem aos videntes: Não vejais; e aos profetas: Não profetizeis para nós o que é reto; dizei-nos coisas aprazíveis, e vede para nós enganos. Isaías 30:10). Um mestre verdadeiro nunca vai se curvar em fazer a vontade do povo, pois um mestre verdadeiro é fiel com a doutrina bíblica, isso porque tem conhecimento profundo dela e sabe da importância que tem para o povo. O apóstolo Paulo enfrentou esses tipos de falsos mestres e orientou a Timóteo a se manter íntegro e fiel à doutrina bíblica, sem a alterar em qualquer momento no sentido de agradar o povo.

3 - QUEM É MESTRE É SEPARADO POR CRISTO PARA O EXERCÍCIO DO SEU OFÍCIO - Atos 13.1 E NA igreja que estava em Antioquia havia alguns profetas e doutores, a saber: Barnabé e Simeão chamado Níger, e Lúcio, cireneu, e Manaém, que fora criado com Herodes o tetrarca, e Saulo.

* O mestre deve ser vocacionado, separado por Cristo e inspirado pelo Espírito Santo - 1 Coríntios 2:13 - As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais.

Na igreja de Antioquia o escritor de Atos cita alguns dos mestres existentes naquele lugar, isto porque eram homens capacitados na arte de ensinar as escrituras com sabedoria e responsabilidade. Não basta alguém achar que tem o ministério de mestre, só porque tem sabedoria humana da palavra, pois o ministério de mestre exige ser credenciado por Cristo para ser identificado como tal. Palavras ensinadas pela sabedoria humana sempre visam enaltecer o próprio pseudo-mestre com vistas a excitar a admiração dos ouvintes. As palavras de um verdadeiro mestre além de terem espiritualidade, são cheias de sinceridade e simplicidade, ao contrário do que é fútil e ostentoso e não produzem qualquer benefício para uma alma, muito pelo contrário. O mestre deve ter o poder do Espírito Santo resplandecendo em si, de uma forma singular e destituída dos atavios humanos. O mestre sabe temperar a sabedoria vinda pelo Espírito com um estilo de linguagem simples, porém que produz muitos efeitos salutares aos seus ouvintes.

4 - QUEM É MESTRE TEM O DOM DA PALAVRA DA CIÊNCIA E DA PALAVRA DA SABEDORIA - Romanos 12.6 De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé;

* O mestre deve usar de ciência e inteligência no ensino, sem qualquer engano e falsidade - Jeremias 3:15 E dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, os quais vos apascentarão com ciência e com inteligência.

Um mestre na palavra para ser reconhecido como tal, deve ter necessariamente o dom da palavra do conhecimento e da palavra da sabedoria, pois sem esses dons alguém não passa de um médio ensinador não alcançando a categoria de mestre. Para alcançar o dom da palavra do conhecimento é preciso muito estudo da escritura com um grande aprofundamento em tudo que ela revela. Além de ter esse conhecimento é necessário ter o dom do Espírito Santo, para que seja um conhecimento dotado de espiritualidade. Agora, para que o ministério de mestre seja completo é necessário o dom da palavra da sabedoria, a qual se trata das revelações espirituais interpretadas do conhecimento bíblico. Assim, esses dons devem estar juntos para que alguém seja reconhecido como um verdadeiro mestre. Deus quer pastores mestres para guiar o seu povo, cuidar e direcionar. O Senhor sempre levantou líderes fiéis e dedicados segundo o seu coração, porque Ele quer o seu povo sendo instruído por homens com ciência e inteligência, e não com falsidade e engano. Deus quer líderes apropriados que atuem como verdadeiros pastores, cheios de recursos teológicos e capazes de ensinar a verdadeira palavra.

5 - QUEM É MESTRE É CONSTANTE E DILIGENTE NA BUSCA DO CONHECIMENTO - Romanos 12.7 Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino;

* O mestre deve ter um coração fervoroso e um intelecto crescente na palavra revelada – 2 Pe 3:18 - Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

A finalidade do ministério de mestre é instruir, comunicar informação, explicar e a finalidade imediata da exortação é ajudar os cristãos a viverem até o fim a sua obediência ao evangelho. O crescimento espiritual é fundamental para que o ministério de mestre se complete pelo conhecimento das escrituras. O crescimento na graça deve se juntar com a fé, virtude e conhecimento, para que essa graça seja forte em nós, e quanto mais forte, mais estáveis seremos na verdade. O crescimento no conhecimento do Senhor deve envolver esforço nesse sentido, para conhecê-lo de forma mais clara e mais ampla. Isso deve ser perseguido e distribuído com inteligência para que os outros também o obtenham.

6 - QUEM É MESTRE POR SER UM INFLUENCIADOR TEM PESO MAIOR DE RESPONSABILIDADE - Tiago 3.1 MEUS irmãos, muitos de vós não sejam mestres, sabendo que receberemos mais duro juízo.

* O mestre deve ser cônscio que a sua didática o levará para a glória ou ao inferno - Lucas 12:48 Mas o que não soube, e fez coisas dignas de açoites, com poucos açoites será castigado. E, a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá.

Ninguém é proibido de fazer o possível para instruir e direcionar outros no caminho do evangelho. O que é preciso entender é que as instruções e orientações são direcionadas a almas e isso envolve um bom entendimento das escrituras sagradas. Não basta ter vontade de ser um ensinador da palavra, antes é preciso ser um ensinador apto para exercer esse ministério. Se alguém se aventura a isso sem o preparo devido e na sua precipitação prejudicar uma alma que seja, este responderá pela sua imprudência. O mestre que sabe a vontade do seu Senhor e, no entanto, fez sua própria vontade, será castigado com muitos açoites. Deus, de forma justa, infligirá uma punição mais rigorosa sobre os que abusarem dos meios e conhecimento que lhe foram concedidos. O mestre que distorce a palavra em seu próprio proveito envolve um alto grau de intenção de pecar e, esse que assim procedem não alcançará a misericórdia divina. A qualquer que for dado muito lhe será cobrado, pois todos deverão prestar contas diante de Deus.

 

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel

OS LUGARES PONTILHADOS NESTE MAPA MUNDIAL INDICA ONDE O SITE É VISITADO

Translate

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Páginas