Inscreva-se no meu canal

Sua Contribuição é muito bem-vinda. Quem semeia colhe.- PIX 997518304

LIÇÃO 8 - COMPROMETIDOS COM A PALAVRA DE DEUS

 Lição 8 - Comprometidos com a Palavra de Deus

Texto Áureo: Lc 11.28 Bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam. 
Leitura Bíblica em Classe: 2 Timóteo 2.14-19; 2 Pedro 1.20,21

Introdução: A carta a Timóteo e Tito são chamadas de cartas pastorais, isto porque ambos eram pastores consagrados pelo Apóstolo Paulo. Estando em viagem ou quando preso em Roma, Paulo recebia informações das coisas que estavam ocorrendo nas igrejas locais em que eles pastoreavam. Como só podia se comunicar através de cartas, então ele como líder escreve a primeira carta a Timóteo e posteriormente segunda carta, com instruções e orientações de como deveria se conduzir diante das situações que estava enfrentando. Um dos perigos que cercavam os irmãos dali era os hereges infiltrados como crentes, mas com intenções de dissuadir os congregados acerca de questões doutrinárias formuladas dentro das suas próprias ideias. Esse mal deveria ser combatido e Timóteo tinha essa responsabilidade como líder da igreja.

1. O obreiro com saber bíblico deve evitar controvérsias sobre a palavra de Deus. 2 Timóteo 2.14 - Traze estas coisas à memória, ordenando-lhes diante do Senhor que não tenham contendas de palavras, que para nada aproveitam e são para perversão dos ouvintes.
Como seria bom se todos pudessem entender que ouvir  a palavra de Deus é um grande privilégio. Embora seja um grande privilégio ouvir a Palavra de Deus, somente aquele que ouve e guarda é que vai ter o proveito que ela proporciona.  Para isso é condicional que ao ouvir a Palavra o ouvinte se firme nela como regra de fé para que seja um verdadeiro bem-aventurado. As controvérsias e contendas de palavras são evitadas quando o líder da igreja tem o conhecimento das Escrituras, pois se não tiver, ele mesmo pode se envolver nesse tipo de coisa. As contendas de palavras servem apenas para desviar os crentes das grandes realidades que as escrituras nos proporcionam. O pastor tem a responsabilidade diante de Deus pelas suas ações no sentido de evitar isso entre os irmãos.
2. O obreiro sem o saber bíblico não tem a aprovação divina para manejar a palavra. 
2 Timóteo 2.15 - Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.
O estudo diligente das Escrituras é condicional para o obreiro que almeja ser um pregador da Palavra de Deus. Jesus preparou os seus discípulos no ensino das escrituras durante três anos, pois eles dariam continuidade a sua obra evangelizadora no pós-cruz. Isso mostra que não basta querer ser um pregador da Palavra, antes é preciso primeiramente ter o chamado para esse ministério, porém não basta o chamado, pois sem conhecimento não é aprovado. O conhecimento se adquire em escolas teológicas, onde há pessoas capacitadas para a preparação do obreiro. Muitos irmãos ignorantes rejeitam o estudo teológico dizendo que o Espírito faz lembrar na hora, mas na realidade a palavra quer dizer que Ele faz lembrar do que foi estudado, se não estudou vai lembrar de que? Outros dizem que a letra mata; essa é outra afirmação estúpida, pois o Apóstolo Paulo se refere a letra da Lei cerimonial que alguns judeus convertidos a Cristo, ainda queriam cumprir. O obreiro cristão para ser aprovado deve saber pregar e ensinar a palavra, defendê-la; aplicar a si mesmo; pagar o preço por ela e resguardá-la a qualquer custo. Aquele que não tem toda essa qualificação e se coloca por conta própria como pregador e ensinador corre o risco de ser levado a juízo se o que fizer for prejudicial às almas.
3. O obreiro com saber bíblico sabe discernir falsos ensinos que pervertem a igreja.
2 Timóteo 2.16 - Mas evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade. 2 Timóteo 2.17 - E a palavra desses roerá como gangrena; entre os quais são Himeneu e Fileto; 2 Timóteo 2.18 - os quais se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição era já feita, e perverteram a fé de alguns. 2 Timóteo 2.19 - Todavia, o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniquidade.
Havia dois homens na congregação chamado Himeneu e Fileto, que procuravam ensinar falsas doutrinas com relação à ressurreição dos cristãos e isso estava trazendo confusões entre os irmãos. Os falsos ensinos são como uma doença que vai correndo o corpo como uma lepra destrutiva. A Palavra de Deus bem manejada realiza os efeitos necessários para a alma se desenvolver sadia. Porém a palavra mal manejada só vai trazer malefícios para a alma, a qual acaba adoecendo com grandes prejuízos espirituais. Acerca da ressurreição precisamos entender que no ato da nossa conversão a Cristo, o nosso espírito antes mortificado pelo pecado adâmico na alma foi ressuscitado, ou seja, vivificado. Porém os dois hereges insistiam entre os irmãos que não haveria ressurreição física indo contra o que acontecerá no arrebatamento da igreja, onde todos receberão o corpo glorificado. Nem todos estão aptos para o ensino escatológico e quem quer ministrar sobre esse tema precisa ter muito conhecimento e preparo para isso. 
4. O obreiro com saber bíblico não usa as próprias idéias pois a palavra é inspirada. 
2 Pedro 1.20 - sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação; 2 Pedro 1.21 - porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.
A revelação das Escrituras não é por fora e sim por dentro. Temos que nos conduzir para dentro da bíblia para a compreensão dos mistérios revelados pelo Senhor através de tudo que está escrito nela. Ela foi escrita através dos tempos em um período de 16 séculos, por cerca de 40 escritores. Porém todos esses escritores das sagradas escrituras, somente a escreveram, mas quem os inspirou para completarem tudo que nela está escrito foi o Espírito Santo. Uma vez que foi inspirada pelo Espírito, ela deve ser ensinada pelo Espírito. É dever de todo cristão a obediência à Palavra de Deus e a nossa vida deve ser governada de acordo com tudo que ela diz. Muitos querem pregar usando um versículo da bíblia, sem estudar o contexto e isso dá margem a muitas falsas doutrinas e heresias e são coisas que devem ser combatidas. A palavra não pode ser pregada por aquilo que se acha, pensa ou imagina, pois quem assim o faz está pregando doutrina do homem e doutrina do homem é doutrina de demônios. Quem não tem o conhecimento da sã doutrina não está em condições de estar a frente de uma congregação, pois a igreja é edificada através da sã doutrina.  

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel

OS LUGARES PONTILHADOS NESTE MAPA MUNDIAL INDICA ONDE O SITE É VISITADO

CORRESPONDENTE

ADSENSE

Translate

ADSENSE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *