Inscreva-se no meu canal

PROPAGANDA

LIÇÃO 2 - A ATUAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO NO PLANO DE SALVAÇÃO

 Revista Lições Bíblicas Adultos, 1° trimestre de 2021 – CPAD | 10 de JANEIRO de 2021

Texto Áureo: “Assim, pois, as igrejas em toda a Judeia, e Galileia, e Samaria tinham paz e eram edificadas; e se multiplicavam, andando no temor do Senhor e na consolação do Espírito Santo.” (At 9.31)
Leitura Bíblica em Classe: João 16.7-13

Introdução: O ministério de Cristo neste plano terreno, totalmente como homem, se deu na dispensação da lei e veio para buscar as ovelhas perdidas da casa de Israel. Em vista disso, em toda a Sua caminhada Jesus não atravessou fronteiras na sua missão evangelizadora. Por todos os lugares que Jesus pregou o evangelho, Ele estava com os discípulos e isso era um fator limitativo para a expansão do evangelho. Assim o ide de Jesus só poderia ser cumprido com o Espírito estando nos discípulos e não com os discípulos. Com o Espírito estando nos discípulos, eles puderam ser enviados cada um para uma direção e com isso o evangelho foi totalmente propagado atravessando todas as fronteiras para anunciar a palavra. Assim como os discípulos de Cristo nos primórdios da igreja, nós também temos o Espírito Santo e Ele quer que cada um de nós tenha o compromisso de testificar de Cristo, onde estivermos.

1. Jesus com os Discípulos Missão com Fronteiras, Espírito nos discípulos Missão Sem Fronteiras.
João 16.7 – Todavia, digo-vos a verdade: que vos convém que eu vã, porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, se eu for, enviar-vo-lo-ei.
Na missão salvífica de Jesus, Ele estava como os discípulos e a sua obra evangelizadora não atravessava fronteiras, pois Ele veio primeiramente para salvar as ovelhas perdidas da casa de Israel. Já o Espírito, não estaria com eles, mas neles e estando neles o evangelho se propagou universalmente, ou seja, atravessou fronteiras. Assim cada discípulo tendo o Espírito em si, onde quer que vá, a Sua presença está com ele, pois quem convence o pecador ao arrependimento é o Espírito e não o homem. O ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura estava condicionada a presença do Espírito para o seu cumprimento. Quanto ao Senhor Jesus, a Sua missão física neste plano terreno havia sido cumprida, sendo que Ele passaria a estar à destra do Pai exercendo o ministério intercessório como o Sumo Sacerdote da nova aliança. O Espírito estando em nós nos guia, nos dá apoio e proteção ampliando o Seu Poder em nossas vidas para sermos eficazes na obra a qual somos chamados.
2. É a Nossa Parte Testificar de Cristo ao Pecador e a Parte do Espírito é Convencer o Pecador.
João 16.8 – E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça, e do juízo: João 16.9 – do pecado, porque não crêem em mim; João 16.10 – da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais; João 16.11 – e do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado.
Como embaixadores de Cristo, os cristãos devem ser os porta-vozes do Espírito para que ele através de nós convença o pecador do pecado, para o arrependimento, da justiça para a justificação e do juízo para a condenação. Por causa da incredulidade é que o pecado reina na vida do pecador e ele, o pecador precisa ser convencido pelo Espírito que a razão pela qual o pecado reina em si, é pelo fato de não ter Cristo na sua vida. Assim o homem sendo convencido do pecado e se arrependendo, ele precisa ser convencido da justiça, para entender a necessidade que tinha dessa justiça, para através dela ser justificado e perdoado dos seus pecados. Recebendo o perdão dos pecados com a justificação pela fé, o pecador se livra do juízo divino, que leva à condenação eterna. A etapa final para o pecador que rejeitou a Cristo é defrontar-se com Ele no dia do juízo final, onde não haverá absolvição, pois será um julgamento somente para a condenação, juntamente com o Diabo.
3. As revelações da Palavra iniciada por Cristo teve prosseguimento no ministério do Espírito.
João 16.12 – Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora. João 16.13 – Mas, quando vier aquele Espírito da verdade, ele vos guiará em toda a verdade, porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará o que há de vir.
Muitas coisas foram ensinadas por Jesus aos seus discípulos durante a sua missão terrena, mas havia muito mais para ser ensinado a eles, pois esses ensinos teriam prosseguimento através do ministério do Espírito. Dentre estas verdades a serem ensinadas pelo Espírito estava no livro de Atos, com um entendimento maior aos apóstolos acerca do evangelho a ser pregado aos gentios, as cartas apostólicas, o livro de Apocalipse, como também os evangelhos que o Espírito os fez lembrar de todas as prédicas e milagres de Jesus. Assim entendemos que em todo o Novo Testamento houve a participação total do Espírito, o qual não falava de si mesmo, mas de tudo quanto o Senhor Jesus lhe dissesse para falar a igreja. 

Pastor Adilson Guilhermel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale com o Pastor Adilson Guilhermel

OS LUGARES PONTILHADOS NESTE MAPA MUNDIAL INDICA ONDE O SITE É VISITADO

CORRESPONDENTE

ADSENSE

Sua Contribuição é muito bem-vinda. Quem semeia colhe.- PIX 997518304

Translate

ADSENSE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *