Anúncios

Inscreva-se no meu canal

LIÇÃO 06 - PAULO NO PODER DO ESPÍRITO.

Texto Áureo: “E impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas e profetizavam.” (At 19.6)

Leitura Bíblica em Classe: Atos 19.1-7

Introdução: Em relação aos doze discípulos, é lógico que se trata dos discípulos seguidores de João Batista, até o dia da sua morte. Posterior a isso, muitos se dispersaram, alguns em grupos, como era o caso em foco, mas não tinham conhecimento doutrinário acerca da Pessoa do Espírito Santo, e nem do poder necessário que eles necessitavam, poder esse, que só o Espírito poderia operar. Eles criam em Jesus, e isso é confirmado pelo próprio João Batista que mostrou a eles quem é que deveriam seguir. Foi quando ele disse que aquele que vem após mim, eu não sou digno de desatar os laços das suas alparcas, e Ele vos batizará com com o Espírito Santo e com fogo. Lembrando que os doze foram batizados no batismo de João para o arrependimento como João pregava, e seguindo Jesus não tinham quem lhes ensinassem a doutrina sobre o batismo como o Espírito Santo, portanto eram leigos nesse assunto. É preciso lembrar que todos os apóstolos de Jesus também foram batizados no batismo de João, portanto, este batismo foi válido no pós cruz e o batismo que receberam foi o batismo com o Espírito Santo no dia do Pentecoste.  

1. O DERRAMAR DO ESPÍRITO É UMA PROMESSA DA COMPLETUDE DO ESPÍRITO. 

Atos 19.1 - E sucedeu que, enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo, tendo passado por todas as regiões superiores, chegou a Éfeso e, achando ali alguns discípulos, Atos 19.2 - disse-lhes: Recebestes vós já o Espírito Santo quando crestes? E eles disseram-lhe: Nós nem ainda ouvimos que haja Espírito Santo.

Apolo que era um pregador eloquente estava na igreja de Corinto, mas o seu conhecimento era mais voltado aos livros do Antigo Testamento. Eram poucos os escritos do Novo Testamento e ele da mesma forma não tinha um bom conhecimento sobre o Espírito Santo. Dessa forma, Apólo com o pouco conhecimento que tinha, não era a pessoa mais indicada para instruir sobre esse tema. Ele tinha apenas instrução formal acerca das Escrituras. Essa instrução que Apolo tinha era mais limitada ao ministério de João Batista, portanto o que ele transmitia era algo sincero, mas incorreto em alguns pontos. Certamente estes doze discípulos tiveram alguma instrução de Apolo, mas não naquilo que era essencial na vida de todo cristão, que é o batismo com o Espírito Santo. Paulo passando por Éfeso se depara com esses doze discípulos e discerniu como homem de Deus e cheio do Espírito, que faltava alguma coisa na vida desses doze homens. Diante disso ele indaga sobre o que é essencial na vida de todo discípulo de Cristo, que é o batismo com o Espírito Santo. Assim como o apóstolo discerniu, pode ouvir deles que não tinham conhecimento acerca do Espírito, embora eles criam em Cristo.  

2. O CRISTÃO QUE NÃO BUSCA A PROMESSA DEVE SENTIR QUE LHE FALTA ALGO.

Atos 19.3 - Perguntou-lhes, então: Em que sois batizados, então? E eles disseram: No batismo de João. Atos 19.4 - Mas Paulo disse: Certamente João batizou com o batismo do arrependimento, dizendo ao povo que cresse no que após ele havia de vir, isto é, em Jesus Cristo.

O batismo de João Batista que foi o precursor de Jesus Cristo realizava uma obra de grande importância para abrir o caminho para o início do ministério do Messias. João não era um pregador da palavra, mas um anunciador da vinda de Jesus e conseguia com a seu chamamento trazer muitas almas ao arrependimento através do batismo nas águas do Jordão. O batismo do arrependimento realizado por João Batista, tinha por finalidade apontar para Cristo e os batizados ao crerem na mensagem da cruz e se convertendo, não haveria a necessidade de se batizarem novamente nas águas, o que aconteceu não somente com esses doze discípulos, mas também com os discípulos do Senhor. João Batista preparou todos para que a  fé deles se voltasse para aquele que havia de vir, que era Cristo, e foi o caso de muitos dos seus discípulos que creram, incluindo esses doze, que receberam como cristão que eram, o batismo com o Espírito Santo. . 

3. A IMPORTÂNCIA DA PROMESSA É PARA ABRIR A PORTA DOS DONS ESPIRITUAIS.

Atos 19.5 - E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus. Atos 19.6 - E impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas e profetizavam. Atos 19.7 - Estes eram, ao todo, uns doze varões.

Todo cristão que não buscou receber essa promessa deve fazê-lo pois ela é essencial para receber dons espirituais, para serem aplicados a serviço do reino nessa caminhada militante. Sem esse dom que é o revestimento de poder o cristão não tem o poder para ser alguém combativo contra o reino das trevas. Assim o que faltava neles foi alí, suprido pela imposição de mãos do apóstolo e os doze receberam o batismo com o Espírito Santo, que é algo que todos os cristãos devem buscar. É através do batismo com o Espírito Santo que vem os dons espirituais e quem não recebe esse batismo, pode ter dons naturais, mas não espirituais. Esse batismo é uma promessa que está no livro do profeta Joel, que nos últimos dias o Senhor derramaria do seu Espírito sobre toda carne e os dons surgiriam. Essa é uma promessa que aponta para toda a igreja de uma forma específica e totalitária para o povo de Israel e nações salvas na grande tribulação que estarão sob o reino de Cristo no período milenar.  

Elaborado exclusivamente pelo texto da leitura bíblica em classe da lição. 

Pastor Adilson Guilhermel


OS LUGARES PONTILHADOS NESTE MAPA MUNDIAL INDICA ONDE O SITE É VISITADO

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Páginas

BOTÕES SOCIAIS