Escola Dominical
 Esboços EBD
Pastor Adilson Guilhermel
Home         Agenda         Lições         EBD-02         Contato

 

 A paz do Senhor Jesus Cristo Para abrir a página dos estudos clique na barra de endereços acima.
Este site contém subsídios de lições bíblicas da CPAD
para professores da Escola Dominical e Esboços de Sermões para pregadores da Palavra de Deus.

 
O NASCIMENTO DE UM LÍDER PROFÉTICO EM ISRAEL
Lição 2 – 13/10/2019
Texto Áureo: “E sucedeu que, passado algum tempo, Ana concebeu, e teve um filho, e chamou o seu nome Samuel, porque, dizia ela, o tenho pedido ao Senhor.” (1 Sm 1.20)
Leitura Bíblica em Classe: 1 Samuel 1.20-28

Introdução: Tudo que recebemos em reposta de orações deve ser lembrado com gratidão. Ana não podia imaginar a honra que Deus estava dando a ela, de ser mãe de um grande líder profético de Israel. Nessa liderança ele também seria Juiz e Sacerdote, pois era algo que ela ia entender mais tarde quando começasse a exercer o seu ofício. Para que Ana tivesse essa alegria foi necessário passar por muitas aflições e isso ela conseguiu, pois não perdeu a fé em Deus e perseverou nas orações ao Senhor com muitas súplicas e lágrimas. Deus já havia predestinado o seu plano em relação a esse filho, mas só iria abrir a madre de Ana quando ela fizesse um voto de entregar o filho a Ele. Assim com grande angústia ela clamava a Deus, e Deus olhou para a situação dela e aceitou o seu voto. Diante disso Deus atendeu provendo-lhe filho desejado, e sequencialmente outros filhos também. Através do voto, Ana provou que o seu coração e as suas orações eram verdadeiras, pois o filho foi-lhe dado e ela o devolveu ao santuário como uma oferta viva de gratidão profunda a Deus.
1. Quando alguém faz um voto é preciso cumprir para Deus aceitar o sacrifício.
1 Samuel 1.21 - E subiu aquele homem Elcana, com toda a sua casa, a sacrificar ao SENHOR o sacrifício anual e a cumprir o seu voto.
O voto de Elcana não era o mesmo de Ana, mas seja qual tenha sido Ele não tardou em cumpri-lo. A bíblia adverte sobre a questão do voto ao Senhor dizendo que é melhor não votar, mas se o fizeres não tarde em cumpri-lo. Isso é algo sério que se não cumprido pode resultar em retenção das bênçãos divinas. Crentes que fazem voto para alcançar alguma bênção da parte do Senhor e depois de alcançada não cumpre o voto prometido poderá sofrer as consequências do seu gesto. É uma insensatez pensar que Deus não vai cobrar o compromisso do voto. Engana-se quem não cumpre os seus votos ao Senhor, pois Ele não esquece e as Suas bênçãos ficarão retidas até que o voto seja pago. Tem muitos que estão com a vida amarrada sem saber o porquê, e em alguns casos até sabem, mas não se dispõe a por em ordem a sua vida com Deus.
2. O cuidado de uma mãe por um filho consagrado a Deus é um ato de devoção.
1 Samuel 1.22 - Porém Ana não subiu, mas disse a seu marido: Quando o menino for desmamado, então, o levarei, para que apareça perante o SENHOR e lá fique para sempre. 1 Samuel 1.23 - E Elcana, seu marido, lhe disse: Faze o que bem te parecer a teus olhos; fica até que o desmames; tão-somente confirme o SENHOR a sua palavra. Assim, ficou a mulher e deu leite a seu filho, até que o desmamou.
As mulheres não tinham obrigações pelas leis cerimoniais de participarem das festas solenes, mas Ana e outras mulheres devotas tinham o costume de ir a esses eventos anualmente. Como somente os homens, como é o caso de Elcana é que tinham essa obrigação e Ana como uma mãe amorosa e cuidadosa creu que era mais prudente e conveniente permanecer cuidando do filho pedido por Deus. Assim ela só voltaria a participar dessas festas no tempo de entregar o menino no templo para cumprir o seu voto. Ana procurou desfrutar o pouco tempo em que poderia desfrutar da presença do filho. O voto que ela havia feito era muito difícil de ser cumprido, o qual envolveu um sacrifício pessoal dessa mãe dedicada ao seu filho. O preço era alto, mas ela com sua atitude corajosa estava contribuindo como um instrumento divino para entregar seu filho a Deus, filho esse, que seria usado pelo Senhor para prestar um grande serviço ao povo de Israel. Elcana sabendo que Ana nesse período que cuidaria do filho até o desmame se apegaria muito a criança, a fez lembrar-se de seu voto, que precisava ter cumprimento. Podemos observar que Elcana tinha grande preocupação em relação ao cumprimento do voto, pois sabia das consequências que viriam sobre quem não cumprisse.
3. O momento de separar de um filho é triste, mas voto não pode ser quebrado.
1 Samuel 1.24 - E, havendo-o desmamado, o levou consigo, com três bezerros e um efa de farinha e um odre de vinho, e o trouxe à Casa do SENHOR, a Siló. E era o menino ainda muito criança. 1 Samuel 1.25 - E degolaram um bezerro e assim trouxeram o menino a Eli.
O voto precisava ser cumprido e o tempo limite era no desmame do menino com cerca de três anos de idade. Esse voto era acompanhado de ofertas de animais envolvendo três bezerros, sendo dois como parte dos sacrifícios anuais da família e um para a oferta queimada da dedicação de Samuel. Ana apresentou o menino a Eli o sacerdote juntamente com o animal do sacrifício, mas fez questão de lembrar a ele, a sua oração quando fez o voto ao Senhor. Essa lembrança que Ana fez a Eli transferia a ele a responsabilidade de cuidar de uma criança que foi pedida por Deus e isso envolvia ensiná-la e prepara-la para a missão que Senhor a tinha predestinado. O sacerdote Ele não sabia, mas aquele menino, o qual deveria ser ensinado e preparado seria o seu sucessor, após a sua morte. Samuel foi Juiz; Sacerdote e Profeta em Israel.
4. Os votos que atendem o propósito de Deus envolvem grandes missões no reino.
I Samuel 1.26 - E disse ela: Ah! Meu senhor, viva a tua alma, meu senhor; eu sou aquela mulher que aqui esteve contigo, para orar ao SENHOR. 1 Samuel 1.27 - Por este menino orava eu; e o SENHOR me concedeu a minha petição que eu lhe tinha pedido. 1 Samuel 1.28 - Pelo que também ao SENHOR eu o entreguei, por todos os dias que viver; pois ao SENHOR foi pedido. E ele adorou ali ao SENHOR.
O cumprimento do voto entregando o menino ao Senhor constituiu uma experiência angustiante para essa mãe, pois não é fácil uma mãe se separar do fruto do seu ventre e ter que voltar para casa sem ele. Mas grandes sacrifícios em prol do reino de Deus, sempre acompanham grandes missões e Samuel estava nos planos de Deus para exercê-la sabiamente. Esse menino entregue no tabernáculo chamado Samuel tinha um destino especial a cumprir e Ana mesmo com o coração rasgado cumpriu a sua promessa. Antes de partirem de volta ao lar eles adoraram ao Senhor e certamente Ana foi confortada pelo Senhor com o seu gesto de fidelidade a Ele. Ana não somente foi honrada por Deus, como também o seu testemunho foi eternizado pelo fato de estar registrado nas Escrituras Sagradas. A sua história de vida tem sido um exemplo pregado ao longo dos tempos ajudando e confortando muitas vidas. Temos muito que aprender com a história de Ana.

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel

   

 

 
 

Quer ajudar? Clique no botão acima.

 

Assembléia de Deus Redenção - Rua Frei Gaspar, 1652  Parque São Vicente - São Vicente - S.P.
Cultos: Quarta, Sexta e Domingo às 19h30 - EBD Domingo às 9h30


Contato com o Pastor Adilson
pastorguilhermel@hotmail.com

Assembléia de Deus Redenção